POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Celebridades

Golpista que se passou por Alessandra Ambrosio fez reforma completa na casa

golpista
Foto: Reprodução

A mulher acusada de aplicar um golpe do falso namoro por 15 anos no jogador de vôlei italiano Roberto Cazzaniga fez uma reforma completa num imóvel na Sardenha, uma ilha no mar Mediterrâneo. A golpista, que tem 52 anos de idade, usou uma foto da modelo brasileira Alessandra Ambrosio para realizar o crime.

A informação foi passada por vizinhos da mulher ao jornal “La Nuova Sardegna”. A obra teria sido feita em 2017 na casa onde Valeria Satta mora, em Frutti d’oro, um vilarejo de Capoterra perto de Cagliari, com “pisos, luminárias, banheiros, janelas: tudo novo”.

Publicidade

Durante o “relacionamento” entre o atleta e a golpista, a criminosa dizia que seu nome era “Maya”. Roberto teve um prejuízo de 400 mil euros (aproximadamente R$ 4,3 milhões). Ao jornal Corriere della Sera, o jogador profissional de vôlei declarou que chegou a fazer empréstimos para ajudar a falsa amada e só foi salvo pela família, que decidiu ir até a televisão para arranjar provas do golpe.

O programa “La Iene” mostrou que, além de Valeria, uma segunda mulher estaria envolvida no golpe: Manuela Passero. Através de ligações por voz, Roberto era enganado e dava doações por acreditar que a falsa Alessandra Ambrósio tinha problemas cardíacos e precisava de ajuda médica.

A imprensa italiana afirma que Manuela era uma amiga do atleta e participou do esquema o apresentando para a tal estelionatária. Ela negou conhecer Roberto e chegou correr do repórter do “La Iene”. Valéria se esquivou das perguntas. A polícia investigará o caso.

Publicidade

Anúncios
Anúncios