212

212

212 é o perfume dela que ficou
Ainda sinto seu aroma no meu cobertor
Esqueço tudo, menos o teu cheiro
Essa saudade tá me dando desespero

Devia ser proibido usar o perfume dela
Só pra eu não ter que lembrar
Que essa maluca faz o que ninguém mais faz
Que a filha da puta tem o que eu quero mais

Esse 212 bagunçou a minha vida
Amor mal curado vira recaída
Logo eu que tava tão bem resolvida
Hoje não tem jeito, vai ter recaída

E a culpa é do 212, 212, 212
E a culpa é do 212, 212, 212

212 é o perfume dela que ficou
Ainda sinto seu aroma no meu cobertor
Esqueço tudo, menos o teu cheiro
Essa saudade tá me dando desespero

Devia ser proibido usar o perfume dela
Só pra eu não ter que lembrar
Que essa maluca faz o que ninguém mais faz
Que a filha da puta tem o que eu quero mais

Esse 212 bagunçou a minha vida
Amor mal curado vira recaída
Logo eu que tava tão bem resolvida
Hoje não tem jeito, vai ter recaída

E a culpa é do 212, 212, 212
E a culpa é do 212, 212, 212

Esse 212 bagunçou a minha vida
Amor mal curado vira recaída
Logo eu que tava tão bem resolvida
Hoje não tem jeito, vai ter recaída

E a culpa é do 212, 212, 212
E a culpa é do 212, 212, 212

Sugestão de letras

Possui alguma sugestão de letra ou tradução de música?

Numanice #2

Ficha técnica