Pai de Britney Spears é acusado de “plantar notícias” negativas sobre a cantora no TMZ

Britney Spears e seu pai Jamie - Reprodução/ Instagram

Mais um capítulo a respeito da tutela de Britney Spears vai se desenrolando. Segundo informações de um fã clube norte-americano da artista, Jamie Spears manipulava informações para gerarem repercussão negativa para Britney.

O esquema era arquitetado junto com um jornalista do TMZ para que notícias negativas sobre a popstar fossem publicadas no veículo.

O fã clube, que tem mais de 6 mil seguidores no Twitter, aponta o patriarca da família como a principal fonte do tabloide. “Confirmamos com o fundador do TMZ que Jamie Spears é supostamente a fonte de toda a cobertura negativa sobre Britney no TMZ. Harvey Levin (Fundador do TMZ) teve Jamie no bolso desde o início da tutela”, publicou o Free Britney L.A. nas redes sociais.

ANÚNCIOS

O jornalista Harvey Levin descatou que as informações fossem plantadas pelo pai de Britney, pois renderiam matérias que poderiam causar danos sérios à saúde mental da cantora. “Harvey supostamente acredita que sua cobertura da saúde mental de Britney a manteve viva. ‘Se não fosse por mim, Britney estaria morta.’”

O fã clube ainda acusa o empresário e o publicista de Britney Spears, Larry Rudolph e Jeff Raymond, de tentar manipular a imprensa com suas próprias narrativas. “Confirmamos com outro jornalista que Larry Rudolph e Jeff Raymond supostamente mantiveram e mantêm contato frequente com a imprensa para controlar a narrativa”, diz o perfil.

ANÚNCIOS

Britney Spears vive sob a tutela do pai, Jamie, há 13 anos. Na semana passada, a cantora abriu o jogo ao falar perante um tribunal sobre o assunto.

A cantora disse que é seu sonho que tudo isso acabe, pois é tratada como uma escrava, forçada a trabalhar doente e que foi privada até de ter filhos. Veja tudo aqui.

ANÚNCIOS