NUVEM NEGRA

NUVEM NEGRA

    SANT
  • Lançado em: 03/02/2023
  • 1.569

Acorda pra vida, nós tamo atrasado
Dizem que o sono é o primo da morte

E, por ela, fui acostumado
A ter disposição pra tombar carro forte

Então, fala com o homem, mas toma cuidado
Vai que, com isso, tu estraga tua sorte

Se acaso for, saiba, eu tô preparado
O que importa pra mim
É o que eu tenho no porte

Desce 2 mn de moto na porta do morro
Sentido linha amarela

Dali pra barra são 20 minutos
Carga pesada antes da novela

Intenção da rua se tem pela blusa
Visão de jogo de cintura

Seu filha da *, não fica confuso
Entrega a chave e liga pro seguro

Manda fazer fila
Que em questão de segundos nós quebra a firma
E volta sorrindo com a fita dada
– mas ql foi?
– tranquilidade, não vacila…

Um barulho na escada
Um herói com celular escondido
Essa merda não é um filme de ação
Esse fim de comédia vai ter se arrependido

Mas agora meu dia não é mais o mermo
Pega o 4 roda e intoca essas carga
Bota pra f na avenida
E eu te encontro
Depois de enguiçar essa barca

Quando o tempo fecha, a glock tem roupa
Uma nuvem negra em cada pente
Eu tenho 30 chances pra mudar o mundo
Ou só pra não morrer como indigente

Uma nuvem negra em cada pente
Uma nuvem negra em cada pente

Tenho 30 chances pra mudar o mundo
Ou só pra não morrer como indigente

– e, pra mãe dele, quem que vai falar?

Cala boca, menor, pega as carga e enterra
Se eu não voltar, tu não se desespera
Morrer como homem é o prêmio da guerra

Vê se não explana e divide as mochilas
Espalha por vários cantos da fvl
Sigilo mermo que vire notícia
Até curando traumas criamos sequelas

Corta pra cena do crime
Os reféns na calçada
E o terror atrás giratória

Aço vai, aço volta
Bota a cara e pede escolta
“Se levar um, é vitória”

Com qual balança equilibra o pesar?
E são quantas penas pra fazer valer?

Se qualquer coisa que der pra ganhar
Vai ser muito mais do que eu tenho a perder?

Uma nuvem negra
Uma nuvem negra em cada mente
E o sol vai brilhar novamente

Transforma em trilho o que tiver na frente
Só pra não sentir as dores de sempre

Uma nuvem negra diferente
Com uma luz negra incandescente

Pra lavar a alma da gente
Cada vez mais consciente

Uma nuvem negra
Uma nuvem negra em cada pente

Tenho 30 chances pra mudar o mundo
Ou só pra não morrer como indigente

Ficha técnica