Lil Nas X: Nike processa artistas por ‘tênis de satanás’ com sangue humano

lil nas x tênis satã

Deu ruim! O controverso lançamento do “tênis do Satanás”, calçado que contém uma gota de sangue humano nas solas, foi parar nos tribunais. A Nike decidiu processar o coletivo de arte MSCHF pela criação em parceria com rapper Lil Nas X, um modelo Nike Air Max 97s modificado. Segundo os artistas, os 666 pares (uma óbvia referência ao número da besta) se esgotaram menos de um minuto após serem colocados à venda.

A Nike informou em um processo no tribunal no Distrito Leste de Nova York que não aprova nem autoriza o lançamento, segundo informa o New York Times. “A MSCHF e seus sapatos do Satanás não autorizados provavelmente causarão confusão e criarão uma associação errônea entre os produtos MSCHF e a Nike”, disse a empresa.

“Na verdade, já há evidências de confusão significativas ocorrendo no mercado, incluindo ligações para boicotar a Nike em resposta ao lançamento dos sapatos de Satanás da MSCHF, com base na crença equivocada de que a Nike autorizou ou aprovou este produto”, prossegue a marca.

ANÚNCIOS
Lil Nas X tênis satanás Nike
Foto: Divulgação/MSCHF

Entenda o caso

O calçado foi lançado após a estreia do clipe da música “MONTERO (Call Me By Your Name)”, de Lil Nas X. Na gravação, o rapper é visto escorregando em um pole dance indo do céu ao inferno, vestindo o par de tênis, e até dançando no colo de Satanás. Os calçados, que apresentam a inscrição bíblica “Lucas 10:18” — “Vi Satanás cair do céu como um raio” — nas laterais, foi colocado à venda por um preço igualmente diabólico: 1.018 dólares ou 5.800 reais, na cotação desta quarta-feira (31).

Compraria?

ANÚNCIOS