Conecte-se

O que procura?

Internet

Trump afirma que vai proibir o aplicativo TikTok de operar nos EUA

Donald Trump proíbe TikTok nos EUA (Foto: Reprodução)
Donald Trump proíbe TikTok nos EUA (Foto: Reprodução)

Poucos dias após um assessor da Casa Branca sugerir que o TikTok se desvinculasse de sua matriz chinesa para evitar problemas nos EUA, o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que irá proibir o aplicativo de operar no país.

No ano passado, os senadores Charles Schumer e Tom Cotton, questionaram as práticas de coleta de dados da ByteDance, empresa chinesa que além de proprietária, também é a operadora do app.

Advertisement

Em carta enviada à Inteligência Nacional dos Estados Unidos, eles expressaram preocupação sobre a possibilidade da empresa cooperar com os serviços de inteligência de Pequim.

O assunto vai mais além, desde de dezembro de 2019 o comando da Marinha dos EUA proibiu o uso do TikTok em dispositivos conectados à rede internada do Corpo de Fuzileiros Navais, sob o argumento de “ameaça à segurança cibernética”.

Advertisement

Compra do aplicativo

Ainda na sexta, uma fonte anônima, supostamente ligada à negociação, declarou que a Microsoft está negociando a compra do app. Entretanto, com o cenário do banimento, fica incerto incerto como se daria o negócio.

Pode ser que, com a compra concretizada pela empresa americana, o aplicativo volte a operar no território, apaziguando as preocupações de Trump quanto à espionagem chinesa.

Escrutínio do TikTok

O aplicativo passa por um período intenso de verificações desde o fim do ano passado. “Existem vários funcionários do governo que estão analisando o risco de segurança nacional no que diz respeito ao TikTok e outros aplicativos”. Esta foi uma afirmação feita em 15 de julho pelo chefe de gabinete de Donald Trump, Mark Meadows, a um grupo de repórteres.

Além dele, o secretário de Estado, Mike Pompeo, e o conselheiro da Casa Branca, Peter Navarro, revelaram à Fox News – canal conservador de notícias americano de televisão a cabo – que os EUA estão pensando em proibir aplicativos chineses, dos quais o TikTok é o mais cotado em questões de segurança.

No entanto, as autoridades americanas forneceram poucas evidências de suas alegações sobre o TikTok, além de só apontarem para seu país de origem. Na China, especialistas dizem que, embora essas possibilidades não possam ser descartadas, o bloqueio do TikTok é uma medida drástica e que não necessariamente resolveria todos os problemas que dizem respeito aos detratores do aplicativo.

A empresa disse repetidamente que o Partido Comunista Chinês não exerce influência sobre suas operações. O aplicativo não está disponível na China, embora a ByteDance execute uma plataforma semelhante chamada Douyin em território asiático. Além disso, enfatiza que armazena dados de usuários americanos nos EUA, e que nenhum deles está sujeito às leis chinesas.

Via: Reuters

Bombando!

Celebridades

Na noite deste domingo (9), a cantora Marília Mendonça foi duramente criticada após uma fala sua, durante uma live realizada no último sábado, ser...

Celebridades

Matheus Ribeiro, que em 2019 apresentou o Jornal Nacional e ficou conhecido no Brasil por ter sido o primeiro jornalista abertamente gay a assumir...

Televisão

Neste sábado (8), o Brasil chegou a lamentável marca de 100 mil vidas perdidas para a covid-19. O assunto rendeu manchete de capa nos...

Televisão

Sikêra Jr., apresentador do “Alerta Nacional”, exibido pela RedeTV!, foi condenado a pagar R$ 30 mil de indenização à modelo transexual Viviany Beleboni, após...

Anúncios
Anúncios
Anúncios

POP Mais no Twitter