POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Celebridades

Antonia Fontenelle sobre morte de Batoré: “Não passava de um covarde”

Antonia Fontenelle
Foto: Reprodução

Antonia Fontenelle voltou a causar polêmica nesta segunda-feira (10/1) ao expressar sua opinião sobre a morte do humorista Batoré, aos 61 anos, vítima de um câncer. Segundo ela, o artista não “passava de um covarde” e de um “machista”.

“Hoje morreu um cearense, que todos chamam de humorista, e que pra mim ele não passava de um cara covarde, machista e que me apontou, me julgou, foi cruel, foi covarde comigo, sem nunca ter me visto na vida, sem nunca eu ter feito nada com ele, o tal do Batoré. Agora um monte de gente: coitadinho, Batoré morreu! Coitadinho o c*, não é porque ele morreu, que ele passou a ser santo e vai morar com Deus”, disse Antonia.

Publicidade

A briga entre Antonia Fontenelle e Batoré é antiga. Em 2019, ela processou o comediante e pediu R$ 110 mil de indenização por danos morais após ele chamá-la de “rapariga”. O ator havia ficado ofendido quando a influenciadora criticou o estado do Alagoas depois do ator Henri Castelli ser agredido em um bar.

“Turistas do Brasil, cuidado quando vocês forem para Alagoas, cuidado mulheres com seus maridos, porque eles podem apanhar covardemente, e cuidado homens com suas mulheres, porque elas também podem sofrer alguma violência”, disse Antonia à época.

Publicidade

Anúncios
Anúncios