Juliana Paes sai em defesa de médica negacionista na CPI da Covid e é detonada: “bolsominion”

Juliana Paes - Imagem: Reprodução

A atriz Juliana Paes ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter, na manhã desta quarta-feira (2), após ela sair em defesa da médica negacionista Nise Yamaguchi.

Nise foi uma das interrogadas durante a CPI da covid, e apontada como uma defensora do tratamento precoce contra a doença – algo que a ciência já afirmou não existir.

Segundo Juliana Paes, a médica foi desrespeitada, e classificou o interrogatório como um “show de horror de boçalidades”. “Certa ou errada… não importa! Intimidação, coação… fala interrompida… mulher merece respeito em qualquer ambiente“, disse a atriz.

ANÚNCIOS

Nas redes sociais, Juliana virou alvo de críticas, ainda mais por ser apontada como apoiadora do presidente Jair Bolsonaro. Veja alguns comentários:

Esta não é a primeira vez que Juliana Paes se posiciona de forma positiva ao governo Bolsonaro. Em 2019, em entrevista ao Jornal O Globo, a atriz deu a entender que votou no atual presidente. “Torço para que o país dê certo, independentemente de quem esteja em Brasília. Não bato palma para tudo que o presidente Jair Bolsonaro diz, mas vamos apoiar já que ele está lá. Não vou boicotar. Essa polarização é boba”, declarou. Veja mais aqui.