Estilista diz que gafe de Justin Timberlake com Janet Jackson no Super Bowl foi proposital: “queria superar a Britney”

Janet Jackson e Justin Timberlake no Super Bowl - Imagem: Reprodução

Quase duas décadas após a polêmica envolvendo Janet Jackson e Justin Timberlake no Super Bowl, um novo capítulo veio à tona no último final de semana.

Em conversa com o Page Six, o estilista Wayne Scot Lukas, responsável pela confecção da roupa que Janet usou durante o show principal, a vestimenta estava perfeita e a ação de Justin teria sido proposital, na tentativa de superar Britney Spears, Madonna e Christina Aguilera, que haviam impressionado o mundo meses antes com um beijo lésbico no MTV Video Music Awards.

Wayne revelou alguns detalhes que Justin havia pedido, e, segundo ele, Timberlake “insistiu em fazer algo maior do que sua performance” pois buscava “uma revelação“.

ANÚNCIOS

Wayne diz ainda que o conceito original da performance era diferente da que vimos. Ela usaria um fio dental de pérolas, inspirado em uma peça que a atriz Kim Cattrall havia usado em um episódio de “Sex and the City”. Ao Justin tocar na tal peça, parte do vestido cairia, exibindo o corpo da diva pop. Porém, à pedido de Janet, houve uma mudança no look para o que conhecemos.

Na época do incidente, Justin Timberlake alegou que a peça não funcionou corretamente, informação que foi desmentida pelo estilista. “Eu não chamaria isso de ‘mau funcionamento’ da roupa nem em um milhão de anos. Foi peça mais funcional da história. Fiz o que me pediram”, dando a entender que o vestido daquela forma a pedido de Justin.

Scot revelou ainda que está trabalhando em um livro em que vai contar todos os detalhes dessa história pela primeira vez.

ANÚNCIOS