Música

Katy Perry tira do ar vÍdeo performance de “Smile” e fãs culpam a gravadora da cantora por má gestão

Nesta segunda-feira (13/7), Katy Perry liberou, no YouTube, um video performance do seu mais recente single, “Smile”. Em apenas 30 minutos, o registro atingiu mais de 100 mil visualizações. Porém, ele acabou sendo retirado do ar pela própria artista.

A ação gerou críticas entre os fãs de Katy, que passaram a acusar a gravadora da cantora, Capital Records, de mau gerenciamento de sua carreira.

Katy Perry tira do ar vÍdeo performance de "Smile" e fãs culpam a gravadora da cantora por má gestão

Video performance de “Smile” foi retirado do ar (Foto: Reprodução/ YouTube)

Para os fãs, a empresa é responsável pelo baixo desempenho da era “Witness” (2017), último disco de Perry. De fato, na época do lançamento do álbum, uma série de escolhas não assertivas causaram impacto negativo na promoção do projeto. Como por exemplo a escolha do single “Bón Appétit”, que traz a parceira com o trio Migos, que era investigado por homofobia. Boa parte dos fãs de Perry são LGBTQIA+, e a collab não caiu bem.

Outro detalhe foi a demora no lançamento do clipe de “Swish Swish”, que veio quase três meses após o lançamento do single. Bem verdade que nesse meio-tempo o lyric video, estrelado por Gretchen, garantiu uma certa projeção, mas não em mercados europeus e asiáticos.

Já no ano passado, “Never Really Over”, primeiro single da artista desde a era anterior, apresentava bom desempenho nas rádios, quando foi retirada do ar, supostamente a pedido da gravadora.

A hashtag “CapitalRecordsIsOverParty” se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter. Veja algumas reações:

https://twitter.com/BaldimDelixo/status/1282862175736991745

https://twitter.com/luandoceiro/status/1283012817344516096

Após a repercussão, o vídeo foi publicado novamente no canal da artista, por volta das 13h, desta terça-feira (14/7).