Super

Super

    Jão
  • Álbum: SUPER
  • Lançado em: 14/08/2023
  • 2.241

Mania de grandeza, num corpo pequeno, me vejo longe daqui
Mãe, não é surpresa, se eu não saio agora, eu nunca mais vou conseguir
Na minha cama à noite, eu sinto Deus e tudo que é maior
Sussurrando calmo em meu ouvido sonhos de outdoor

A terra que eu deixo espera a minha volta
O vento da queda já não me alcança
A água ainda chove mas já não me molha

Eu estou em chamas
Eu vejo as luzes, vejo as ruas
Eu tenho um sonho imortal
Eu quero que tudo me aconteça
No final

Supersônico, o meu peito
Te atravessa, temporal
Toda glória e dor eu sinto
No final

O campo não queima, sem uma faísca e eu um tenho um incêndio em mim
Já fui tantas coisas, pra tantas pessoas, mas já estou longe daqui

Me desfaço e refaço em questão de meses
Como eu já fiz milhares de vezes
Sem destino, amor

A terra que eu deixo espera a minha volta
O vento da queda já não me alcança
A água ainda chove mas já não me molha
Eu estou em chamas

Eu vejo as luzes, vejo as ruas
Eu tenho um sonho imortal
Eu quero que tudo me aconteça
No final

Supersônico, o meu peito
Te atravessa, temporal
Toda glória e dor eu sinto
No final

SUPER, SUPER, SUPER

Eu não me sinto mal, eu só não sinto nada
Eu não me sinto mal, eu só não sinto nada…

Eu sinto tudo no final
Eu sinto tudo no final

Eu corro com meus lobos ainda mais perto
E nunca me esqueço, no fundo ainda brilha
A mesma noite, no alto de um prédio
Vendo a cidade por cima

Olho pra trás e tudo a minha volta
Me vejo de longe, sou eu mesmo quem chama
Meu barco voltando é a minha resposta
Me abraço em chamas

SUPER

Ficha técnica