Miley Cyrus fala sobre divórcio e próximos passos da carreira em nova entrevista

Miley Cyrus fala sobre divórcio e próximos passos da carreira em nova entrevista

Na última sexta-feira (05/03), a cantora Miley Cyrus concedeu uma entrevista ao podcast “Rock This” com Allison Hagendorf e contou detalhes sobre os próximos passos de sua carreira e falou um pouco do seu divórcio com Liam Hemsworth.

Miley começou comentando um pouco sobre seus trabalhos antigos, onde revelou que seu álbum favorito é o “Miley Cyrus & Her Dead Petz”, o qual lançou gratuitamente para os fãs.

Já sobre seu novo álbum, a cantora falou sobre um problema que teve com uma plataforma de streaming que se negou a promover o “Plastic Hearts” em playlists de Rock por ela ser mulher e vir do Pop.

ANÚNCIOS

“Eles riram e agradeceram pelo contato. Um tempo depois meu álbum foi #1 nos charts de Rock.”

– afirmou Cyrus

Ainda sobre o “Plastic Hearts” a cantora afirmou que a faixa “Angels Like You” chegou a entrar na disputa para ser o lead single do álbum, porém, “Midnight Sky” acabou sendo escolhido no fim das contas.

A cantora ainda tocou em um assunto extremamente delicado se sua vida: Seu divórcio com o ator Liam Hemsworth. Segundo a cantora, ele terminou com ela um dia antes da gravação do clipe de “Mother’s Daughter”, lead single do EP de 2018, “She Is Coming”.

ANÚNCIOS

Leia também: A longa jornada de “Plastic Hearts”, novo álbum de Miley Cyrus

“Eu e o cara que estive junto por 10 anos, decidimos terminar uma noite antes de gravar o vídeo. Eu usei diamantes, látex vermelho em toda a parte, e eu deveria estar sorrindo e dançando. Mas eu estava destruída.”

– disse a cantora sobre o dia da gravação do clipe de “Mother’s Daughter”

A cantora ainda relembrou sua época na Disney, quando interpretava Hannah Montana. Segundo Miley, interpretar Hannah/Miley, a fez gerar uma insegurança e ter crises de personalidade, já que ela tinha a sensação de que sem a peruca, ela não era ninguém.

ANÚNCIOS

“Foi colocado na minha cabeça: ‘sem ser Hannah Montana, ninguém se preocuparia com você'”.

Miley ainda afirmou que durante a era “Bangerz”, ela notou que as pessoas se importavam quando ela mostrava a língua, já que diversas vezes, diziam para ela parar de fazer aquilo, então ela fazia mais, já que quando as pessoas ficam bravas, é porquê elas se importam.

Para finalizar a entrevista, Miley Cyrus falou sobre o cenário atual da música, sobre crescer ouvindo diversos gêneros musicais e sobre não fazer música focando em um único estilo.

ANÚNCIOS

“Pop é a abreviação de popular. Quando eu era criança, ouvia rádio Pop enquanto ia para a escola todos os dias. Música country, David Bowie, Rolling Stone, Beatles. Essas são grandes canções pop, mainstream, canções populares. Agora em 2021, eu acho que quando você pensa em música pop, você não pensa na palavra “genuíno” ou “autêntico”. Você pensa em “estratégico”, “estereotipado” ou até mesmo em uma fórmula, especialmente para compositores. Há produtores e escritores que escrevem através de uma fórmula que eles acreditam que funciona, mas não foi assim que escrevi o “Plastic Hearts”. Existem esse tipo de cálculo, mas eu não utilizo dessas estruturas.”

Você pode conferir o episódio completo [em inglês] através do Spotify.

ANÚNCIOS
Chefe de Redação do Portal Pop Mais.