Rafa Kalimann teve crise de choro após ser alvo de linchamento virtual, afirma namorado

rafa kalimann
Publicidade

Rafa Kalimann está no “olho do furacão” essa semana, após compartilhar um vídeo do pastor Cláudio Duarte, onde ele declara ser contra o casamento homoafetivo. A ex-BBB virou alvo de críticas nas redes sociais, um verdadeiro linchamento virtual.

Publicidade

Daniel Caon, namorado de Kalimann, revelou que a influenciadora passou a noite chorando por conta das mensagens que recebeu nas redes sociais. “Ela errou sim, mas Deus sabe qual foi a intenção”, contou.

“Como doeu ouvir ela chorando essa noite e não conseguir fazer absolutamente nada pra deixá-la bem. Ela errou sim, mas quem conhece a Rafa sabe que uma das bandeiras que ela mais levanta é a LGBT, e o cuidado e carinho que ela tem pra tratar desse assunto, a maior parte dos amigos dela não me deixam mentir. Meu amor, ontem foi seu dia de ser um ser humano e aprender com seu erro. Deus sabe qual foi a sua intenção, eu sei e quem te conhece também sabe, continue espalhando sua luz”, disse Caon.

Publicidade

Rafa Kalimann pede desculpas por vídeo homofóbico

Após a repercussão negativa, Rafa Kalimann apagou o repost do vídeo do pastor, e publicou um pedido de desculpas em suas redes sociais. “Quis vir aqui me desculpar por um vídeo que compartilhei nos stories. Meu intuito era repassar aquilo para aqueles que tratam mal os lgbt’s por conta de religião, pra de uma vez por todas isso parar. Sinto muito se ofendi, e se pareceu que eu discordo de relacionamentos homoafetivos (jamais!). Apaguei depois de ver que estavam levando como uma opinião minha, e está longe de ser. Muito pelo contrário”, disse a apresentadora.

“Aquele vídeo foi enviado por um amigo homossexual em um dos nosso grupos, ele e muitos outros acharam bacana ver um posicionamento diferente da maioria quando se trata de religião, foi um assunto que levantou muitas coisas legais lá. Entendi completamente o ponto de vista de vocês, respeito e peço desculpas pelo meu compartilhamento”, concluiu.

Publicidade