Música

Chella apresenta álbum gravado na Califórnia em show no Bourbon Street

Produzido por Moogie Canazio (João Gilberto, Rita Lee), “Pro tempo parar”, álbum de estreia da cantora, estreia nos palcos em 3 de julho (quarta-feira)

Chella apresenta álbum gravado na Califórnia em show no Bourbon Street
Foto: Divulgação

A cantora, compositora e pianista Chella, formada pela Berklee College of Music, fará em 3 de julho (quarta-feira) o aguardado show de estreia de seu primeiro álbum, Pro Tempo Parar”. A cantora subirá com sua banda ao palco da Bourbon Street, renomado clube de jazz de São Paulo, para apresentar ao público as sete faixas compostas por ela para o disco. “Nem acredito que meu álbum será tocado ao vivo pela primeira vez, com uma banda completa e arranjos inéditos”, empolga-se a artista. “Quando construímos o disco”, explica, “pensamos muito em como iríamos traduzi-lo para o palco. Isso sempre foi uma prioridade para mim, afinal, a música só se concretiza ao vivo, quando é vivenciada pelo artista junto com seu público!”

Para a gravação, um talentoso time de músicos internacionais se uniram a Chella e ao produtor Moogie Canazio em um estúdio em Los Angeles. Para o show, no Brasil, um talentoso grupo de músicos nacionais foi convocado para acompanhar a cantora e pianista: Victor Kroner (guitarra/violão), João Sirangelo (guitarra e teclado), Rafael Minerbo (baixo), e Matheus Souza (bateria), além da própria Chella nos teclados. Além das faixas do disco, a artista apresentará também releituras pessoais de uma seleção de clássicos da MPB e hits pop.

O show de abertura ficará a cargo do cantor, compositor e produtor AGUIDA, que conta com um vasto repertório pop, soul e R&B – sobretudo internacional. Sua voz suave, agudos limpos e muito carisma ajudam a compor suas apresentações, que transitam entre autorais e covers de clássicos como Maroon 5 e Michael Jackson. Para essa ocasião especial, o artista trará releituras com influências também da música brasileira, tradicional e moderna. “Me sinto muito honrada em dizer que teremos alguém tão talentoso quanto o AGUIDA abrindo o show. Vai ser surreal! E tudo isso em uma das casas de show mais tradicionais de SP, onde já presenciei alguns dos meus shows favoritos desde a infância”, diz Chella.

Sobre o álbum

Relacionamentos são como as estações do ano em nossas vidas, entre suas fases de calor e frio. Eles florescem e murcham em uma dinâmica que não tem regras. Mas uma coisa é certa: eles nos fazem crescer! Esse é o tema principal de Pro Tempo Parar, o aguardado disco de estreia da cantora, compositora e pianista Chella.

Com produção musical de Moogie Canazio, renomado nome da indústria que já trabalhou com nomes como AnaVitória, Sandy & Junior, João Gilberto, e Rita Lee, o álbum conta com sete faixas que exploram a complexidade dos relacionamentos e como eles nos afetam e nos ajudam na definição de quem somos. Tudo isso através da ótica de Chella, que conta vivências pessoais de forma que qualquer ouvinte consiga se enxergar na história.

A narrativa desse trabalho vem sendo cuidadosamente construída há alguns meses, através de singles que vão nos apresentando a cada vez mais camadas desse mundo. Primeiro veio “Deixo”, uma canção que reflete a primeira fase de uma paixão, aquele momento em que uma pessoa não consegue enxergar os defeitos da outra, aproveitando o momento e se permitindo sentir a parte positiva. Logo depois, Chella lançou “Palavras Cruzadas”, que mostra a protagonista “caindo na realidade” ao se sentir manipulada pela pessoa amada. Na sequência, veio “Eu Tentei”, que representa o fim desse relacionamento que já não estava dando certo.

O último single prévio foi “Pra Quê?”, lançado recentemente e que aborda um momento de recaída. Junto ao álbum, também estão sendo lançadas as novidades “Te Desconheci”, “Ei, Coração” e “Mande Notícias”, que representam momentos que conectam as fases já citadas e tornam a narrativa ainda mais fluida e assimilável.

A sonoridade do disco passa por elementos de MPB, pop e rock, criando uma identidade sonora que é distinta, mas reconfortante, representando apenas um pouco da versatilidade musical de Chella. Em sua ainda curta carreira, a cantora já integrou projetos que flertam com outros gêneros, como o reggaeton e o samba, que fizeram parte de sua formação musical quando estudou na renomada Berklee College of Music, em Boston, nos Estados Unidos.

Diante dessa ampla vivência e constante aprendizado musical, Chella vê como um dos principais desafios para futuros lançamentos seguir o caminho de autoconhecimento que vem traçando. “Sempre seguirei compondo, pois é a minha forma de entender a mim mesma e ao mundo. Espero que a experiência do público ao ouvir as minhas canções seja de clareza e catarse”, conclui.

Ainda em seu portfólio musical, Chella acumula também importantes prêmios de composição. Ela é a única compositora a ganhar duas vezes o peermusic Latin Award, prêmio anual da BMI Foundation que celebra compositores e letristas estudantes de origem latina, levando o reconhecimento em 2020 (com sua canção “São Paulo”) e neste ano (com “Te Levo Comigo”, parceria da cantora com Alice Macedo).

O álbum Pro Tempo Parar tem sido intensamente trabalhado por Chella, que quer que esse disco possa impactar o máximo possível de pessoas. “Toda a parte visual, as fotos e os vídeos, integram o produto final e não só complementam a música, mas potencializam o seu significado”, conta a artista, que deseja levar a mensagem das músicas para muito além de sua sonoridade em si.

Todas as faixas foram gravadas em Los Angeles, nos Estados Unidos, com o apoio de um time pesado de músicos internacionais que inseriram ainda mais camadas ao riquíssimo trabalho de Chella. Participaram Tim Pierce (guitarra), Sean Hurley (baixo), Jake Reed (bateria) e Jamie Muhoberac (sintetizadores), além de Felipe Melanio (guitarra) e Santiago Galeano (teclados). “Tivemos todos uma conexão muito boa. Como as letras eram em português, eu fazia para eles um resumo do tema da música. A partir daí, cada um colocou seu próprio tempero e tivemos esse resultado tão rico”, explica a cantora.

SOBRE CHELLA

Chella é uma jovem cantora, compositora e pianista que canta desde os 9 anos de idade. Aos 12, já fazia suas próprias composições e hoje, aos 24 anos, é graduada na Berklee College of Music. Seu trabalho musical envolve uma sonoridade genuína e orgânica, com referências ecléticas de diversos gêneros musicais em composições que trazem letras provocativas e expressivas.

Sua já expressiva jornada musical inclui o lançamento de seu primeiro trabalho autoral, intitulado Bittersweet, em 2017. Logo depois, a cantora se mudou para os Estados Unidos para aprofundar seus estudos de composição na Berklee. Chella conquistou diversos prêmios e bolsas de estudo notáveis, incluindo o Latin Grammy Cultural Foundation Assistance Scholarship e o BMI/peermusic Latin Scholarship Award, sendo este último conquistado por ela duas vezes, fazendo com que ela tenha um recorde nunca antes alcançado na premiação. Além disso, teve a oportunidade de colaborar com a renomada artista mexicana Natalia Lafourcade.

Enquanto compositora, Chella também se dedica ao trabalho para outros artistas. Ao longo dos últimos anos, ela assina canções para artistas dos mais diversos gêneros, como Desirée (também conhecida por sua contribuição ao grupo Now United, com “Handle With Care”), Alice Macedo (com “Te Levo Comigo”, canção que conquistou em 2023 o peermusic Latin Award) e Nicole Padilla (com “Por Ti”).

Serviço

Primeiro show do álbum “Pro tempo parar”, estreia fonográfica da cantora Chella, com abertura de Aguida, no Bourbon Street, em São Paulo (Rua dos Chanés, 127 – Moema, próximo ao Metrô Eucaliptos), em 3 de julho (quarta-feira), a partir das 21h. Ingressos a R$ 65,00, à venda pelo Sympla.