POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Entrevistas

Entrevista | Conheça Rob Miranda, nova promessa do pop nacional

rob miranda
Foto: Juliana Hilal

O fim do tumultuado ano de 2020 está chegando! Época de festas, de celebrações e de expectativas para um novo ciclo. É momento para refletir sobre o que passou e colher o melhor do que foi gerado para seguir em frente. E o jovem Rob Miranda, de Campinas (SP), usou esta premissa para convidar seus ouvintes a escutarem sua nova música “Don’t Be Afraid”.

Em seu novo trabalho, que se mostra solar e reflexivo ao mesmo tempo, o cantor fala sobre coragem e crescimento em versos escritos em inglês. “Haverá muitas coisas pelo caminho, mas não tenha medo”, suplica, em tradução livre, no refrão. A música também veio acompanhada por um clipe, dirigido por Fábio Miranda, pai de Rob.

Advertisement

O POP Mais bateu um papo com o jovem talento, que revelou detalhes sobre sua carreira e do seu novo single.

Rob, você tem apenas 17 anos e logo irá lançar seu primeiro disco! Conta pra nós como começou sua história na música.

Advertisement

Desde de pequeno estive rodeado de música. Minha família sempre foi muito ligada às artes. Eu também sempre gostei de criar coisas, pintar, desenhar, dançar, escrever, e no final, tudo isso me fez perceber que eu poderia trabalhar criando coisas; ainda mais sabendo que minhas criações podiam tocar outras pessoas. A música foi uma forma que encontrei de me expressar e colocar meus sentimentos e tudo o que eu imaginava em algo real. Assim, com 9 anos, inspirado nos meus primeiros ídolos, Michael Jackson, que me impressionava sempre com suas apresentações, chegando a me fazer acreditar que ele nem era humano, e mais tarde, em Ross Lynch, que me identifiquei por ser um jovem como eu, mas capaz de cantar, dançar, tocar instrumentos, atuar, de maneira tão profissional, que percebi que para chegar a ser como eles eu precisava aprender várias habilidades. Comecei assim a frequentar minhas primeiras aulas de guitarra e dança, e logo depois atuação e canto.

Apesar de adorar tudo o que se relacionava à arte, sempre fui muito tímido, mas o ponto de virada foi quando conheci Shawn Mendes, que me deu inspiração e coragem para escrever as primeiras letras e postar os primeiros vídeos na internet. Foi ouvindo suas músicas e gravando meus primeiros covers que fui encontrando minha forma de cantar e, quando percebi, já estava tão envolvido nesse mundo da música pop, que passava a maior parte do dia em meu quarto treinando instrumento, cantando e sonhando um dia chegar a ser um deles.

Você acaba de lançar a música “Don’t Be Afraid”, que tem tudo a ver com esse clima de fim de ano, marcado por reflexões sobre o novo ciclo que irá começar. Como surgiu a inspiração para a letra?

Essa música foi uma forma de dizer para mim mesmo que todo o esforço, dificuldades e trabalho duro iria valer à pena, pois, um dia, tudo isso seria reconhecido. Foi também uma maneira de afirmar que eu podia ser eu mesmo, sem medo de mostrar minhas composições com tudo o que eu sentia e imaginava. De forma mais ampla, é uma música que fala sobre enfrentar seus medos e seguir seus sonhos em qualquer área da vida, encarando as dificuldades que sempre vão aparecer.

Falando da estética sonora, este novo single é guiado por uma relaxante linha de piano, que vai na contramão dos anteriores “Can’t Sleep” e “I Don’t Care”, marcado por beats eletrônicos e guitarra pop rock, respectivamente. Como foi o processo da produção instrumental e escolha da melodia de “Don’t Be Afraid”?

Em Don’t Be Afraid busquei um clima de aconchego e motivação, e acho que o piano é o instrumento que melhor poderia expressar essa suavidade no início, e apoiar a crescente de vozes e cordas que culmina em um refrão cheio de energia. A melodia acompanha essa ideia, começando de forma simples e suave e crescendo gradativamente rumo a um refrão com uma voz mais cheia, notas altas e muita emoção. Pra mim, essa é a representação sonora de uma jornada de busca de sonhos e realizações.

Nos conte um pouco sobre suas referências musicais. Quais são suas principais inspirações?

Minhas referências para esse álbum foi muito Shawn Mendes, Ed Sheeran, John Mayer, Ruel, enfim, músicas e artistas que eu mais ouvia no momento.

O seu álbum, que em breve chegará nas plataformas, traz como temática central os dilemas do romance adolescente. De onde veio a inspiração para escolher o tema e qual a principal mensagem você espera transmitir ao público?

Eu acho que a inspiração principal é a própria vida e a vontade de simplesmente escrever o que eu sentia. Por mais simples que fosse cada sentimento havia uma vontade de transformá-lo em música, pois tinha um significado único para mim, e eu sabia que havia outras pessoas passando pelas mesmas situações que eu, embora cada uma do seu jeito.

Espero que as pessoas possam se identificar com minhas músicas, sabendo que não estão sozinhas e que amar, sofrer, chorar e sorrir são sentimentos normais da vida e que nos fazem, acima de tudo, crescer.

Você fez parte do elenco do filme “Eu Sou Brasileiro” (disponível no NOW). Como foi essa experiência? Pretende fazer mais trabalhos voltados para o cinema?

Foi uma experiência fantástica. Eu já havia participado de um Summer Camp de atuação na New York Film Academy, em Los Angeles e eu pude então colocar em prática tudo o que eu tinha aprendido, embora reconheça que ainda era muito pouco! Eu adoro cinema, amo criar e atuar em meus clipes, então espero, antes de tudo, que a situação do cinema nacional passe logo por essa crise e se normalize o quanto antes. E, é claro, adoraria voltar a viver essa experiência incrível de participar de um filme.

Com um leque de experiências como cantor, compositor, ator e dançarino, o que faz seu coração bater mais forte pela música?

O poder que uma música tem de nos despertar emoções variadas, passar uma mensagem ou simplesmente nos fazer dançar por horas sem perceber o tempo passar, me encanta. Seu poder de reunir as pessoas e influenciar comportamentos é algo mágico. Da mesma forma que muitas canções me emocionaram, espero que minha música possa tocar o coração de muitas pessoas.

Deixe um recado para os leitores do POP Mais!

Eu sei que esse está sendo um ano bem difícil para todos, mas, como eu digo em Don’t Be Afraid, continuem buscando seus sonhos, pois apesar de todas as dificuldades que vão aparecer pelo caminho sempre haverá uma luz iluminando a vida de vocês.

Acompanhe as últimas notícias do canal:

SIGA NOSSA PLAYLIST NO SPOTIFY

Facebook

Anúncios
Anúncios

Bombando!

BBB21

Karol Conká, atualmente confinada na casa do BBB 21, pode precisar prestar esclarecimento à justiça após uma possível quebra de acordo entre ela e...

Notícias

Pelo visto a galera do Palácio do Planalto ama um brigadeiro! De acordo com levantamento divulgado pelo Portal Metrópoles no domingo (25), o Governo...

Música

Cantora e atriz, Sienna celebra 13 anos com muitos motivos para comemorar. Com energia e foco, a artista, que começou aos seis anos de...

Anúncios