Globo tem pior agosto em 7 anos; Record cresce na audiência

Globo jornal nacional william bonner

Se em 2020 as reprises escaladas pela Globo renderam bons resultados, em 2021 elas se transformaram no terror dos índices da emissora. Agosto terminou com uma queda de 8% no ibope em relação ao ano passado. Este é o pior resultado do canal desde 2014.

Segundo informações do Notícias da TV, na média-dia (das 7h à meia-noite) a Globo marcou 14,1 pontos no PNT (Painel Nacional de Televisão), 1,3 ponto a menos do que em agosto do ano passado. O resultado negativo foi acarretado pelo baixo desempenho nos períodos da tarde e noite, ambos com queda de 12%. Na contramão dos outros turnos, a manhã da emissora teve um crescimento de 16%, mas por conta dos índices baixos tem um impacto menor na média geral.

Ainda de acordo com o site, na faixa nobre (18h à meia-noite), a emissora líder caiu de 23,5 para 20,6 pontos de um ano para outro.

Além da Globo, outras emissoras também apresentaram queda, SBT (-9%) e Band (-6%). O consumo domiciliar de Tvs ligadas foi dois pontos menor em agosto dste ano em relação ao ano anterior, com queda de 46% para 44% na média dia no PNT e Grande São Paulo.

Record cresce

Na contramão das demais, a Record TV conseguiu crescer no perído, apresentando um aumento de 8% na audiência em relação à agosto de de 2020. No PNT, a emissora de Edir Macedo passou de 5,3 para 5,7 pontos.

Em São Paulo o crescimento foi ainda maior, 10%. Indo de 5,5 para 6,1 na média-dia.