Há 17 anos, Globo inovava com um Vale a Pena Ver de Novo interativo, porém com uma audiência pífia

No dia 2 de julho de 2001, a Globo aproveitava o período de férias escolares para fazer testes em sua programação. Além de lançar uma nova versão da” Sessão Aventura” de manhã, a emissora abria o “Vale a Pena Ver de Novo” para reprises de outros programas, além de novelas. A primeira atração a ser testada na faixa era a série Você Decide. Por muitos anos, Você Decide foi uma das principais atrações da linha de shows da Globo. Numa época pré-internet, a emissora trazia um programa marcado pela interatividade, no qual apresentava uma história e mostrava ao público duas opções de final.
Em 2001, a série voltou a ser exibida pelo “Vale a Pena Ver de Novo”. “Você Decide” substituiu a reprise de “Roque Santeiro”, que não atingiu grandes índices de audiência em sua reexibição. Para isso, a atriz Susana Werner foi escalada para ser a apresentadora da atração. Cabia a ela apresentar o mote da história e as opções de finais que o espectador poderia escolher. A graça, aqui, era saber se seria exibido o mesmo final mostrado na exibição original, ou se o público da reprise optaria por um novo desfecho, trazendo um episódio inédito à história mostrada;
Entretanto, “Você Decide” à tarde revelou-se um fiasco. Com a reprise, a Globo chegava a amargar a terceira colocação no Ibope em seu horário de exibição. A rejeição à reprise foi tão grande que motivou a criação de um site, anônimo, que continha um texto se posicionando contra a decisão global e uma enquete em que a permanência das novelas no Vale a Pena Ver de Novo vencia por larga margem. Não tendo uma boa audiência a atração foi substituída pela reprise de “A Gata Comeu”, que logo alavancou os índices de audiência.
“Você Decide” quase voltou ao ar com episódios inéditos recentemente. O retorno da atração estava sendo tocado, aos cuidados do roteirista e diretor João Falcão. Patrícia Poeta chegou a ser apontada como nova apresentadora. O projeto, entretanto, está parado e não há previsão de retomada.