POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Realities

“Tô sendo julgado porque joguei um balde na porta”, desabafa Nego do Borel

nego do borel julgado a fazenda 13
Foto: Reprodução

Indicado para a roça pelo fazendeiro da semana, Gui Araujo, Nego do Borel desabafou com MC Gui e Tiago Piquilo, na madrugada de hoje (22), sobre estar sendo julgado dentro do reality sem poder apresentar a sua versão dos fatos.

“Gosto de pessoas humildes, tá ligado? O Ti, o Vitão, o MC Gui que agora a gente desenrolou, a gente conversou e pedi desculpas pra ele. Tem muita gente se baseando aqui dentro nas coisas lá de fora, tá ligado? Muitas pessoas não ouviram o Gui estar numa discussão sem sair da classe. Muitas pessoas olham pra gente porque a gente é o funkeiro que fala isso e aquilo e não vale nada, não presta e não é boa pessoa. Sendo que tem um monte de gente que é mascarado”, disse Borel.

O cantor disse ainda ter noção de que suas polêmicas fora do programa têm sido levadas em consideração pelos peões em “A Fazenda 13”.

“Tem um montão de gente que não tive seus erros expostos como eu e o Gui tivemos. Teve muita coisa que fala coisas de mim que não é verdade, tá ligado? As pessoas acham o que elas veem, julgam pelo que veem e entendo, mas aqui dentro muitas pessoas falam: ‘pô, eu não te julgo pelo o que aconteceu lá fora. Te julgo por aqui’. Caô, pô”, disse.

Borel ainda pegou um balde para recriar a confusão vivida na baia, no último final de semana. O funkeiro então jogou o objeto contra a porta na intenção de mostrar aos colegas de confinamento qual foi o seu erro em toda a história.

“Teve o problema da baia que eu peguei o balde e fiz assim [gesticulando com as mãos para dizer que jogou na porta]. Aí depois, eu sentei, discuti com os parceiros, peguei e deitei. Uma semana, nove dias depois, e eu tô sendo julgado porque joguei um balde na porta. Não foi desse jeito e quer dizer: eu sou julgado por isso que aconteceu. Discuti com o Dynho, pedi perdão, desculpa e errei, mas o Dynho veio pra cima de mim primeiro e os caras que seguraram ele. Não fui pra cima dele, ele me xingou pra caramba e xinguei de volta. Foi uma discussão entre a gente ruim pra caramba. Isso me define?”, continuou.

Nego classificou a confusão na baia como “nada absurdo” e lamentou não ter recebido atenção dos peões para poder dar a sua versão do ocorrido.

“Quer dizer que tô lá na casa brincando e rindo e dizem: ‘Nego, eu não te julgo por coisa lá de fora e por ser um cara polêmico. É por aquela atitude ali’. Pô, mano, atitude ali? Fui lá, pedi desculpas do fundo do meu coração, não joguei balde em ninguém, não foi uma coisa absurda. Não tô falando que eu tô errado ou certo, não, mas conversando você vê que o cara errou. Aí, vem em mim e daqui a pouco vem pro Gui e pra você [Tiago]”, finalizou.

Anúncios
Anúncios
error: Conteúdo protegido!