VÍDEO | Patrícia Abravanel minimiza homofobia e pede respeito a preconceituosos: “LGBTHY têm de ser compreensivos”

Patrícia Abravanel vem pra cá

A apresentadora Patrícia Abravanel causou polêmica nesta terça-feira (1º/6), após uma declaração sobre a comunidade LGBTQIA+, durante a exibição do programa “Vem Pra Cá”, do SBT. A filha de Silvio Santos saiu em defesa de Rafa Kalimann e Caio Castro, e afirmou que apenas parte da comunidade LGBT nasce com esta orientação sexual, outros “escolhem”, nas palavras dela, seguir esse caminho.

Veja também
Caio Castro pede respeito a opinião homofóbica após compartilhar vídeo de pastor

Eu não acho que a Rafa Kalimann e o Caio Castro são homofóbicos, ele só foram educados de outra maneira. Assim como como o LGBGDPQYH [a sigla correta é LGBTQI+] querem o respeito, eles tem que ser mais compreensivos com quem ainda não entende direito, estão abrindo pra isso. É muito difícil educar filho e falar sobre isso, sabia? É difícil, como falar? A gente não sabe lidar, tem que ter respeito e compreensão, por diálogo, conversa”, declarou.

A fala repercutiu mal no próprio programa, fazendo com que o colega de Patrícia Abravanel, Guilherme Cartolano, interviesse e apontasse os riscos do discurso “respeito, mas não concordo”.

ANÚNCIOS

Patrícia Abravanel, então, alegou que ela acredita que as pessoas precisam ser ensinadas a como abordar o tema. “É um assunto tão difícil”. Assista nos vídeos: