POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Música

Pitchfork elege as 8 melhores e piores performances do VMA | “O VMA da noite passada foi bizarro”

A renomada Pitchfork começa sua matéria explicando que o evento mais importante da MTV teve que adequar-se ao delicado momento que estamos vivendo, em decorrência da pandemia do COVID-19. Enquanto algumas performances foram filmadas em locações em Nova York, outras foram gravadas em Los Angeles, e no caso do BTS, em Seul.

BTS no VMA (Foto: Reprodução/ YouTube)

BTS no VMA (Foto: Reprodução/ YouTube)

A grande vencedora da noite, Lady Gaga, fez questão de usar máscara todas as vezes que estivesse diante das câmeras, mesmo em sua icônica apresentação ou recebendo algum de seus vários prêmio. A mensagem era “Use uma máscara. É um sinal de respeito”, foi que a mother monster disse durante um de seus discursos de agradecimento. The Weeknd falou em seus dois discursos, a frase “Justiça para Jacob Blake . Justiça para Breonna Taylor”.

Advertisement

Lady Gaga posa para fotográfos ao lado dos seus quatro prêmios conquistados no VMA 2020. (Foto: Getty)

As performances mais memoráveis ​​do VMA mostraram humanidade ou iluminaram o absurdo dos nossos tempos. O mais esquecível agiu como se fosse business usual. Aqui estão os melhores e piores momentos do 2020 MTV Video Music Awards. –Noah Yoo

A melhor performance eleita pela Pitchfork foi o Medley de Lady Gaga, como se Chromatica’ fosse um meteoro que momentaneamente caiu na Terra, dominando todo a premiação. O medley memorável começou com Gaga assistindo ao VMAs de 1999 e girando para baixo de um poste de bombeiro, lembrando um pole dance, em um covil de manequins enquanto ‘Chromatica II’ fazia a transição digna de uma ópera para ‘911’. Depois de uma rápida troca de figurino, ela começa ‘Rain on Me’ no chão, assim como no clipe. Até que Ariana Grande aparece e as duas fazem um dueto. E quando todos achávamos que já havia acado, Lady Gaga começa a tocar ‘Stupid Love’ em um piano com formato de cérebro.

Advertisement

“Seu desempenho exagerado estava em plena exibição e, francamente, precisávamos disso”.

A bombástica apresentação de abertura do VMA de Abel Tesfaye ficou em segunda colocação no hacking: “Ele começou com uma cena do cantor inconsciente, acordando quando os primeiros sintetizadores de “Blinding Lights” começaram a surgir. Ele gemeu e olhou em volta; ele não parecia querer particularmente estar lá. O close-up voyeurístico não durou muito, porém, e Tesfaye foi rapidamente revelado cantando no topo do Edge em Hudson Yards, um enorme deck panorâmico com vista para o rio Hudson no West Side de Manhattan, com helicópteros filmando cada movimento seu.”

Ainda citaram a causa importante que The Weeknd levantou: “A simples escala da produção deixou o cantor anão, e a performance se tornou mais sobre ficar pasmo com os ângulos da câmera e a enorme variedade de fogos de artifício, tudo enquanto o Empire State Building brilhava ao fundo. Assim como quando ele escolheu se concentrar nas vítimas da brutalidade policial em seus discursos de aceitação, o Weeknd sabia que toda a noite era sobre algo maior do que ele.”

The Weeknd no VMA 2020 (Foto: Reprodução)

A performance pré-show das irmãs de que tem Queen B como madrinha, foi uma melhores da noite, segundo a matéria. Canalizando os braços metálicos de Beyoncé em ‘Single Ladies’, o duo Chloe X Halle desfilou e dançou sob um feixe de luz que refletia seus ternos brilhantes.

Já as piores performances, Pitchfork já começa de cara com Miley Cyrus, em partes por causa da iluminação monocromática que deixava quase impossivel de não sentir desconforto. “Mas de alguma forma as coisas pioraram quando ela subiu uma escada no estilo ‘Hotline Bling’ e montou uma bola de discoteca gigante, como o vídeo Wrecking Ball de 2013”

“DaBaby precisa desistir.”

Jack Harlow foi acusado de usar seu amor ao basquete americano, que tem dado tanta notoriedade ao cantor, mas esse amor que ele sente pelas quadras pareceu superficial demais em sua apresentação. “Parecia que estávamos presos em uma arena assistindo a um show do intervalo que queríamos muito terminar.”

Mas o Black Eyed Peas sabe o que os fãs querem neste momento tenso e injusto na América, então eles encerraram sua apresentação tentando fazer todos se sentirem bem com “I Gotta Feeling”. Mas nada justifica as virilhas iluminadas, sendo assim, eles ficaram com a “pior e melhor” no final das contas.

O que vocês acharam da listagem que os redatores da Pichfork fizeram?

Acompanhe as últimas notícias do canal:

Anúncios

Facebook

OS MELHORES LANÇAMENTOS

Anúncios

Bombando!

Celebridades

O ator Shia LaBeouf, conhecido mundialmente por ter participado do primeiro filme da saga ‘Transformers’, em 2007, vem causando grande polêmica nas redes sociais...

Celebridades

Um dos “parças” do jogador Neymar, o empresário carioca do ramo financeiro Diego Aguiar teve uma leva de vídeos íntimos vazados na internet nesta...

LGBTQIA+

O ator pornô e garoto de programa, Rodrigo XXX foi preso na noite da última sexta-feira (23/10), em São Paulo. Segundo a polícia, João...