POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Celebridades

Por Pouco! Cardi B e Offset não serão processados por confusão com fã que foi agredido no MET Gala

A rapper Cardi B e seu marido Offset não serão processados criminalmente pela confusão ocorrida no MET Gala no passado, onde um fã foi agredido em uma after party do evento.

Na época o rapaz chamado Giovanni Arnold alegou ter sido agredido pela equipe de seguranças do casal enquanto pedia um autógrafo.

Giovanni afirmou ao TMZ que chegou a pedir um autógrafo para Cardi B que teria respondido “Dê o fora daqui, eu vou acabar com você”, seguida por Offset “Cale a boca, cara, antes que você apanhe aqui”. Giovanni disse aos policiais, que três seguranças da rapper o teriam jogado no chão e em seguida o agrediram com socos e chutes.

Confira o vídeo divulgado pelo TMZ na época:

Meses após o ocorrido em recente matéria divulgada pelo próprio TMZ o caso teria sido arquivado e nem Cardi, Offset e os seus seguranças serão indiciados, já que a vítima supostamente teria se negado a ser entrevistado pelos detetives da Polícia de Nova York, mesmo  com a existência das imagens o depoimento da vítima seria necessário.

O advogado do rapaz, criticou a decisão da polícia em não acusar criminalmente nenhum dos envolvidos “Ficamos profundamente chateados ao saber que o Departamento de Polícia de Nova York decidiu não processar Cardi B, Offset ou qualquer um dos guarda-costas após suas ações no ano passado depois do Met Gala. Tanto meu escritório quanto meu cliente cooperaram com a polícia em todas as oportunidades, mas não tínhamos notícias deles desde as semanas imediatamente após o incidente… Esperávamos que os responsáveis ​​pelos ferimentos do Sr. Arnold fossem devidamente acusados. Mas parece que foi uma ilusão. O que a polícia de Nova York fez hoje foi endossar a violência. Eles deram a Cardi B, Offset e a todas as celebridades uma licença para atacar pessoas que dizem coisas que eles não gostam; e esse é um precedente perigoso a se estabelecer”.

Apesar de não serem processados criminalmente o site afirma que há um processo civil aberto, apresentado em maio do ano passado pelo advogado de Giovanni Arnold, Daniel Szalkiewicz, que alega que seu cliente foi ‘gravemente ferido’ durante um pedido de autógrafo. Além disso, o documento alega que o casal “frequentemente instigam confrontos violentos com fãs e indivíduos” e cita que “a briga marca a terceira vez que Offset foi acusado de provocar violência”.

O processo civil ainda aguarda julgamento pelas autoridades norte-americanas.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúncios
Anúncios