POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Fire!

Retrocesso! Bolsonaro quer anular decisão do STF que criminaliza a LGBTfobia

A Advocacia Geral da União (AGU), pertencente ao governo Bolsonaro decidiu recorrer da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que estabeleceu que a homofobia e a transfobia são crimes equiparáveis ao racismo no Brasil. A decisão foi proferida em junho do ano passado.

O órgão governamental sugere que a criminalização da LGBTfobia possa ferir a liberdade religiosa e pede alguns esclarecimentos ao STF, afirmando que a questão não pode ser vista apenas como ato de racismo, mas também pode ser “parte do exercício da liberdade religiosa.”

Advertisement

Além de garantir que a criminalização da LGBTfobia vai de contra a “liberdade religiosa”, a AGU ainda pede que se investigue se a criminalização da LGBTfobia atingiria: divulgação em meios acadêmicos, midiáticos ou profissionais de toda e qualquer ponderação acerca dos modos de exercício da sexualidade, o controle de acesso a determinados lugares públicos (como banheiros, vestiário e transporte público) e ainda objeções por motivo de convicção filosófica ou religiosa.

Trocando em miúdos, Bolsonaro pede para que se tenha garantida a liberdade de impedir uma pessoa LGBT de frequentar determinados lugares, sugerindo exemplos como banheiros, vestiários e até o transporte público e a prisão.

Advertisement

 

 

Acompanhe as últimas notícias do canal:

Anúncios

Facebook

OS MELHORES LANÇAMENTOS

Anúncios

Bombando!

A FAZENDA 12

Esta edição de A Fazenda está redendo muitos suspiros. Depois de Rodrigo Moraes deixar seu membro a mostra e Biel exibir seus genitais perante...

Celebridades

O cantor Austin Mahone estreou recentemente sua conta no site de conteúdo adulto OnlyFans. Apesar de ainda não ter postado, digamos, fotos explícitas, uma...

Celebridades

Na noite da última quarta-feira (21), Pepita fez um desabafo em sua conta no Instagram. A artista apareceu para agradecer as mensagens que recebeu...