POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Entrevistas

ENTREVISTA | Tiago Satya combina MPB e acid jazz em seu novo e envolvente single “Sonhador”

Música estreou nessa sexta (27) e antecede o primeiro álbum solo do artista, previsto para o início de 2021.

Tiago Satya
Foto: Divulgação

O músico e compositor Tiago Satya apresenta mais um lançamento de seu projeto solo experimental. O single “Sonhador” chega às plataformas digitais nessa sexta (27), com uma pegada envolvente e dançante que mescla referências de MPB, pop e acid jazz. A música faz parte do álbum LUMINIS, que tem previsão de estreia para o começo de 2021.

Com referências de Jamiroquai e Daft Punk, o single explora efeitos de vocoder e elementos de groove, criando uma atmosfera intensa e empolgante, que em certo momento se contrapõe a uma perfeita oscilação de mistério e calma. A produção instrumental é assinada pelos músicos Paulo Thirso (teclado), Gabriel Moraes (baixo), Caco Gonçalves (bateria) e Vitor Fonseca (guitarra).

Advertisement

Além de atuar como vocalista da banda de rock ETNO, Satya vem trabalhando paralelamente em seu projeto solo desde 2017, no qual a premissa é não ter um limitador de estilo. O músico já participou de diversos festivais nacionais e internacionais desde sua estreia, como o LIFA México (Cidade do México), Youbloom (Los Angeles), Indie Week (Toronto), Fuorisalone (Milão), Bier Jazz Festival (Brasília), entre outros.

Staya também já lançou os singles “Hiato” e “Neon” que, juntamente com “Sonhador”, irão compor seu álbum de estreia LUMINIS. O disco contará com mais 5 músicas inéditas, que exploram sentimentos, ritmos e elementos musicais que pertencem a bagagem do artista, construída ao longo de seus 19 anos de carreira.

Advertisement

O POP Mais bateu um papo com ele, que contou detalhes do seu novo single.

Tiago, como foi o início da sua carreira solo e o que te motivou a iniciar esse projeto?

Eu venho da cena rock/metal com a minha banda ETNO desde 2002. Sempre experimentei várias coisas no rock, mas eu sentia falta de fazer outras coisas. Em 2015 eu soube que me tornaria pai. Foi quando percebi que havia chegado a hora de colocar em prática alguns sonhos e planos. Um deles era poder fazer um projeto onde eu pudesse experimentar a minha musicalidade em estilos e ritmos diferentes do que eu fazia, passeando por outras referências artísticas que trago desde a infância. Então criei o Projeto Satya, que estreou em setembro de 2017. Quando criei o Satya eu queria unir duas coisa que eu amo: fazer música e viajar. Quero conhecer o mundo fazendo música. Tem funcionado. Estivemos em 4 países nesses 3 anos. Em 2020, não fosse a pandemia da Covid-19, tocaríamos em Tokyo no Japão, mas tivemos que cancelar os 3 shows.

Você gosta de explorar os estilos musicais sem impor um limite. Quais são as suas principais referências?

Eu curto muito Jamiroquai, Hiatus Kaiyote, Alicia Keys, Erikah Badu, Chambao, Dave Matthews Band, Incubus entre outros. Dos artistas nacionais, Lenine é um mestre para mim! Ouvir e tirar as músicas do Ed Motta me ensinou muito. Chico Buarque, Caetano Veloso, Djavan e O Rappa são artistas que sempre ouvi também. Na infância, os artistas que meu pai e minha mãe ouviam me marcaram muito: Tracy Chapman, Elis Regina, Simply Red, Bob Marley, Sade e Michael Jackson são alguns deles.

Como é o seu processo criativo para composição das melodias e letras?

Não existe um método ou uma fórmula. Cada música vem de um um jeito. No álbum LUMINIS, que sai em março de 2021, muitas músicas eu comecei compondo a melodia e depois coloquei a letra. Mas o meu processo nem sempre é assim.

Conta pra nós um pouco sobre seu novo single “Sonhador”. Qual foi sua inspiração ao compor a letra e como foi a produção instrumental?

A música foi composta por mim, pelo Caco Gonçalves (bateria), Gabriel Moraes (baixo), Paulo Thirso (teclado) e Vitor Fonseca (guitarra). Juntos montamos a base da música. Chegamos a tentar um pegada mais eletrônica para ela, mas no final achamos que a música merecia uma pegada mais orgânica.

Em “Sonhador” eu falo sobre como a vida é movida por nossos sonhos. Escrevi a letra pensando na minha companheira e nas histórias que vivemos juntos nos últimos anos. Em casa, costumo dizer que se não estamos planejando nada a médio ou longo prazo, não estamos sonhando e parece que tem alguma coisa errada. É uma música sobre amor, companheirismo, coragem e desapego.

ENTREVISTA | Tiago Satya combina MPB e acid jazz em seu novo e envolvente single "Sonhador"

Tiago Satya e banda. (Foto: Divulgação)

E breve o seu álbum “LUMINIS” será lançado e contará com 5 faixas inéditas. Quais são suas expectativas e o que o público pode esperar do disco?

LUMINIS é o meu primeiro álbum. Ele é uma experimentação minha e da banda nesses primeiros anos de projeto. As músicas são bem diferentes uma da outra. O disco é uma experiência musical.

Desde a sua estreia solo, você já teve a oportunidade de tocar em alguns festivais internacionais, como o LIFA Mexico, Youbloom (Los Angeles), Indie Week (Toronto), entre outros. Conta pra nós como foram essas experiências.

Tocar no exterior é sempre desafiador. Cada país tem a sua forma de consumir música. Os shows são sempre uma surpresa. O português dificulta a conexão direta com a música, então eu sempre me esforço para fazer um resumo sobre o tema da música. Isso ajuda o público a “interpretar a emoção” de cada som.

Deixe uma mensagem para os leitores do Portal POP Mais!

NÃO DEIXEM DE SONHAR E LUTAR PELOS SEUS SONHOS! Convido os leitores a conhecerem essa experiência sonora que é o SATYA. Já lançamos 3 singles do álbum LUMINIS: NEON, HIATO e agora SONHADOR. Estão disponíveis em todos as plataformas de música.

Acompanhe as últimas notícias do canal:

SIGA NOSSA PLAYLIST NO SPOTIFY

Facebook

Anúncios
Anúncios

Bombando!

Celebridades

Swellen Sauer, ex-assessora de Nego do Borel e também sua ex-namorada, contou em seu perfil no Instagram, que sofreu agressões físicas, enquanto mantinha um...

Celebridades

Demi Lovato pediu ajuda aos seus fãs em vista da grande crise de saúde pública em Manaus

Filmes & Séries

Em março de 2020 a Netflix renovou a série “Perdidos no Espaço” (Lost in Space) para sua 3ª e última temporada, e agora na...

Anúncios