Tirulipa defende perdão à DJ Ivis e Pocah rebate: “Quem perdoa é Deus’ e cadeia é pouco!”

pocah tirulipa

Na noite desta sexta-feira (16), o humorista Tirulipa foi duramente criticado nas redes sociais, após defender que DJ Ivis deve ser perdoado por agredir a ex-esposa Pamella Holanda.

Em vídeo publicado no Instagram, ele falou sobre a possibilidade de transformação do produtor. “Quem perdoa é Deus. Eu já perdoei agressor e o que eu recebi em troca? Mais porrada! Não é justo isso que ele fez, mas Deus vai tocar ele. Eu tenho certeza que esse cara vai voltar transformado um dia e a gente vai dar outra oportunidade sim, porque o mundo é de oportunidades. Tem que perdoar, o mundo é do perdão. Jesus morreu na cruz por nós e perdoou todos os nossos pecados. Seja como Jesus foi, faça como Jesus fez”, disse.

Neste sábado (17), Pocah rebateu o comentário de Tirulipa, e desabafou sobre sua própria experiência com violência doméstica.

ANÚNCIOS

“Eu entendo o pensamento do Tirullipa, porque eu também já pensei assim. Eu achava que Deus iria transformar a pessoa que me agredia até porque o meu agressor dizia que estava sendo usado pelo diabo e que não queria me agredir e me chutar numa escada quando eu estava grávida de 7 meses ou quase me cegar do olho esquerdo. Eu achava que toda aquela humilhação era um testemunho pra no futuro dizer: ‘Deus mudou a minha vida e restaurou a minha família’ […] Mas ele não parava. Fez com mulheres antes de mim e outras depois de mim. Quando essa mudança vai ocorrer? Quando a pessoa quiser a mudança verdadeiramente”, disse a funkeira.

Ela continuou: “Eu acredito, sim, que Deus transforma, mas bem longe de mim, sem ouvir falar, ou consumir o trabalho dessa pessoa. Todo mundo merece uma segunda chance, mas para mim, a chance de um agressor é ainda estar vivo e pagar pelo que causou na mente e no corpo de uma mulher que nunca mais vai esquecer o pesadelo que é sofrer violência doméstica”.

“Hoje, eu agradeço a Deus pela transformação na minha vida, agradeço por estar viva e poder testemunhar que eu venci! Mas ainda dó muito pensar que assim como eu, muitas mulheres já sofreram ou ainda sofrem de violência doméstica. Denuncie, ligue 180, se for necessário exponha nas redes sociais, sim! Coloca no jornal! Faz um sinal de fogo! Mas não se acomode com essa vida! Se eu venci, você também pode. ‘Quem perdoa é Deus’ e cadeia é pouco!”, finalizou Pocah.

ANÚNCIOS

Tirulipa defende seu ponto de vista

Após o desabafo de Pocah, Tirulipa voltou a falar sobre o assunto em suas redes sociais. “Eu fui o primeiro a se manifestar, fui o primeiro a entrar nas redes sociais por causa das minhas filhas, não achei justo o que ele fez e fui o primeiro a atacá-lo. […] Até o momento dele ser preso, eu não comentei mais nada. Depois que ele foi preso, eu disse: ‘Gente, agora é a Justiça, deixe ele pagar’. Pessoal queria atacar ele, bater, gritar, muita gente na rua aqui no Ceará. Gente, ele vai pagar e vai pagar caro por isso. Tomara que ele aprenda a lição e volte transformado”, defendeu ele.

“No meu entendimento cristão, com Jesus, nós viemos ao mundo para perdoar, para termos um coração generosos, para sermos generosos como Jesus foi com a gente. […] Acho que a questão de uma nova chance só depende da pessoa, só do DJ Ivis, não é a gente que vai dar, é ele que vai construir isso com a sua mudança. Isso eu falei um dia, se acontecer. Se não, vai continuar pagando, sofrendo”, acrescentou Tirullipa.

“Mas a pessoa em si tem que liberar o perdão, do ódio, da ira, de querer matar. Violência gera violência. […] Libera o perdão, não quer dizer que você está dando outra chance, não. Não liberar o perdão faz mal dentro da gente mesmo”, finalizou o humorista.

ANÚNCIOS