POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Celebridades

Belo é preso por realizar show clandestino durante a pandemia

Cantor-Belo-preso
Foto: Divulgação

O cantor Belo foi preso nesta quarta-feira (17) após ter realizado um show em uma escola municipal no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro, no último sábado (13), contrariando as proibições impostas pelas autoridades locais devido à pandemia de Covid-19.

A Polícia Civil investiga, ainda, a invasão ao colégio, já que o local não tinha autorização para a reliazação do show, ocorrido no sábado de carnaval.

O artista foi preso em Angra dos Reis. Em uma produtora na cidade, foram apreendidos equipamentos, documentos e veículos.

A DCOD abriu um inquérito e, nesta quarta, cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão. Uma das buscas foi na sede da empresa que organizou o evento, a produtora Série Gold.

Belo diz que seguiu protocolos de segurança

Após repercussão negativa do flagrante, amplamente divulgado pela TV Globo, Belo se manifestou por meio de nota, onde diz que o evento realizado no último sábado segue todos os protocolos de distanciamento social.

“Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias.”, diz a nota.

Outras prisões de Belo

Belo já foi preso duas vezes. O músico foi condenado em 2002 a seis anos de prisão, acusado de associação para o tráfico. Após um mês preso, ele conseguiu com um recurso, o direito de responder em liberdade.

O Ministério Público recorreu da decisão e Belo foi preso novamente em 2004. Ele ainda teve sua pena aumentada para oito anos. Desta vez ficou três anos e oito meses na cadeia.

Anúncios
Anúncios
error: Conteúdo protegido!