POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Música

Psicanalista diz que nova música de Israel e Rodolffo faz apologia ao estupro

Israel e Rodolffo – Créditos Flaney Gonzallez/Divulgação
Israel e Rodolffo – Créditos Flaney Gonzallez/Divulgação

A psicanalista feminista Manuela Xavier, que faz um trabalho de análises comportamentais nas redes sociais, apontou um problema na letra da nova música da dupla Israel e Rodolffo, chamada “Dar Uma Namorada”. Segundo ela, a canção, lançada na última sexta-feira (19), faz incitação ao estupro.

“Me atiçou, vai ter que dar uma namorada”, diz um dos trechos no refrão. A letra interpretada por Israel e Rodolffo é de autoria de quatro compositores: Ciro Neto, Matheus Cott, Renato Campero e Thales Gui.

“Essa música escrita hoje, em 2021, com uma mentalidade de 1920 diz que se a mulher for estuprada, a culpa é dela. Porque ela atiçou, ela provocou. Qualquer semelhança com ‘qual era a roupa que ela usava?’, ‘mas ela tava pedindo’, ‘mas ela tava fazendo doce’ não é mera coincidência”, diz Manuela Xavier no vídeo em que analisa a letra.

Rodolffo rebateu o conteúdo do vídeo com um comentário na publicação. “Boa noite, Manuela. Tudo bem? Olha, primeiramente eu acho que você está exagerando nas observações, pois a gente faz música para homem e para mulher, uma mulher pode cantar para um homem essa letra, ela é unissex. É uma música alegre, descontraída, para as pessoas se divertirem cantando. Sou totalmente a favor da causa, estou com você. Agora vir criticar o meu trabalho induzindo as pessoas a pensarem que é uma música machista, não. Foi feita para a mulher cantar também”.

Publicidade

Anúncios
Anúncios
error: Conteúdo protegido!