POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Celebridades

Vídeo: Rapper Jé Santiago denuncia racismo sofrido em posto de vacinação em SP

je santiago
Foto: Reprodução

O rapper Jé Santiago, do grupo Recayd Mob, publicou uma série de vídeos em sua conta no Instagram para denunciar um episódio de racismo que sofreu na fila de vacinação contra a COVID-19 da Unidade Básica de Saúde (UBS) Aurélio Mellone, no bairro de Jardim Celeste, na Zona Sul da capital paulista, nesta sexta-feira (6).

Em um dos vídeos, quando o rapper conta que a mulher o chamou de “neguinho”, uma delas questiona: “quem te chamou de neguinho, imbecil?”. Em seguida, uma outra tenta agredi-lo. No trecho seguinte, é possível ouvir uma delas falando “favelado”.

O artista registrou um boletim de ocorrência por injúria racial no 26º Distrito Policial, no Sacomã. Nas redes sociais, ele disse que as ofensas começaram depois de uma discussão política. À polícia, Santiago afirmou que a agressora o xingou de “neguinho, favelado e noia”.

Junior Castro, que também estava na UBS e registrou a ocorrência com o músico, disse que foi chamado de “viadinho que gosta de dar o cu” e que eles foram empurrados por uma das mulheres. As informações são do G1.

Anúncios
Anúncios
error: Conteúdo protegido!