POP Mais nas redes sociais

O que procura?

Notícias

Billie Eilish usa sucuri em novo clipe e é criticada pela comunidade vegana

Billie Eilish usa sucuri em novo clipe e é criticada pela comunidade vegana
Billie Eilish - Imagem: Youtube/Reprodução

Conhecida por ter uma voz única e que divide opiniões, Billie Eilish virou assunto entre os veganos do mundo todo, após utilizar uma cobra no clipe de “Your Power”, single de seu novo álbum, “Happier Than Ever”.

No clipe, a cantora que nasceu em família vegana e se autointitula do movimento, interage com uma Sucuri, o que na visão do veganismo, se trata de abuso animal. Como se não fosse o bastante, a espécie é nativa da América do Sul, o que significa que a cobra provavelmente vive em um cativeiro, fora de seu habitat natural. Algumas pessoas vão ainda mais fundo, afirmando que utilizar animais que são encontrados apenas em outros países, é o mesmo que apoiar o tráfico de animais.

Vale lembrar que a cantora já fez aparições públicas utilizando peças de origem animal e comendo produtos com ingredientes aniamis, algo que vai contra o movimento vegano, colocando ela dentro de uma das classificações de vegetarianismo. Por exemplo, o redator que está redigindo esta matéria, é ovolactovegetariano, consumindo assim, ovos, leite e mel, porém, não consumindo nem mesmo corantes provindos de animais, como o cochonilha.

Leia também: COMEBACK? Rihanna deve participar de show beneficente virtual que acontece este mês

Indo um pouco mais fundo, Billie já afirmou que se alimenta com mel em uma entrevista para a Capital FM em 2019, ou seja, não se encaixando dentro do veganismo.

Deixando claro que não vemos problema em Billie comer mel ou vestir roupas de origem animal, já que isso é uma escolha pessoal, o problema está em se autointitular vegana e muitas vezes, não seguir o próprio movimento no qual ela se inseriu.

Para quem quer uma opinião mais concreta de um vegano, deixo anexado abaixo, um vídeo do Fábio Chaves, dono do maior portal de veganismo da América Latina, o “Vista-se“, comentando a polêmica do clipe de Billie Eilish.

Anúncios
Anúncios
error: Conteúdo protegido!