Conecte-se

O que procura?

Filmes & Séries

Priscilla Pugliese fala sobre a indicação de “The Stripper” em festival internacional

Priscilla Pugliese festival internacional
Foto: Reprodução

Somando quase 16 milhões de visualizações nos episódios, o sucesso “The Stripper” recebe a primeira indicação a um festival internacional. A websérie realizada pela produtora de audiovisual independente, a Ponto Ação Produções, foi lançada em outubro do último ano e já concorre na estreia da categoria “Websérie – Nacional”, no Fest Cine Pedra Azul. O festival, idealizado e produzido pela Tower Filmes e a Galpão Produções/ IBCA, está na terceira edição neste ano de 2020.

Sendo, até então, um festival voltado para produções de cinema, o Fest Cine Pedra Azul decidiu abrir espaço para as Webséries, produções que são realizadas para as plataformas digitais, principalmente youtube. Assim como “The Stripper”, mais oito projetos concorrem à categoria.

Advertisement

Priscilla Pugliese e Natalie Smith são os nomes que protagonizam as personagens Lauren Pugliese e Camila Smith, em “The Stripper”. A história é a adaptação de uma fanfic, escrita pela autora Evelin Silva e baseada no suposto relacionamento entre as cantoras internacionais Camila Cabello e Lauren Jauregui, ex integrantes do girl group Fifth Harmony. O elenco conta também com o ator Rodrigo Tardelli e tem direção de Nádia Bambirra.

Já reconhecida internacionalmente pelos seus trabalhos enquanto produtora de audiovisual independente, a Ponto Ação Produções possui o nome de outros projetos em festivais internacionais, como a websérie “A Melhor Amiga da Noiva”, que concorreu ao Rio WebFest, um dos maiores festivais de produção independente do mundo. O projeto, além de levar o prêmio na categoria que concorria, foi selecionado para o “Golden Ticket”, que oferecia um passe livre para o festival de Los Angeles, nos Estados Unidos.

Advertisement

Após o sucesso de “A Melhor Amiga da Noiva” e a cada projeto, fica nítido como a produtora passou a investir nas produções e subir o nível. “The Stripper” é o resultado dessa evolução em todos os sentidos. Mas, mesmo reconhecendo e sabendo o quanto trabalharam para isso, a atriz e sócia da produtora, Priscilla Pugliese, ainda fica sem palavras para descrever o que é estar concorrendo em um festival internacional.

“É muito surreal, porque parece que a ficha não cai! Sempre parece que estamos brincando de fazer arte. Tivemos sim um trabalho e um comprometimento muito sério na hora de produzir a websérie, mas agora estamos curtindo esse projeto. Normalmente, a ficha só cai quando estamos lá no festival e começando a entender a proporção que tomou”, relata Priscilla.

Além do prêmio, Prisicilla conta também como a experiência de estar em um festival é significativo para o aprendizado e contato com outras pessoas da área. “O reconhecimento é importante para que a galera do meio, para que a mídia, realmente olhe para gente! Ter a indicação já é um processo muito importante, para podermos conhecer outros profissionais, trocar experiências e aprendizados. Até porque, como eu costumo dizer, nós, da Ponto Ação, somos três atores, formados como atores, que meteram a cara e estão produzindo e aprendendo na prática o que é um roteiro, como segurar uma câmera, etc. Não tivemos cursos ou aulas, mas a nossa experiência vem desse contato com outros profissionais, que olham para gente, que querem trabalhar com a gente e acreditam no que fazemos”, diz.

Priscilla Pugliese (Foto: Divulgação)

Pela primeira vez, a Ponto Ação Produções tem uma de suas webséries indicadas em um festival que acontece fora do Rio de Janeiro, local de origem da produtora. O Fest Cine Pedra Azul, acontece em Pedra Azul, distrito de Domingos Martins, interior do Espírito Santo. Segundo a direção do festival, a ideia de trazer as webséries nessa edição surgiu de uma reunião entre o diretor Marcoz Gomez com Sergio Kalili, presidente da Associação Brasileira de Criadores de Conteúdo Digital – DigitalBR.

“O projeto do festival não é fechado, estamos sempre avaliando novas possibilidades. Esse ano incluir as webséries já foi bem arrojado, mas nossa intenção é sempre ampliar quando o resultado é satisfatório”, afirma a Direção do Festival.

E, assim como é interessante para o festival ampliar a diversidade, para os indicados, é também uma oportunidade para as produtoras terem seus trabalhos alcançando ainda mais pessoas.

“A sensação agora é completamente diferente da nossa participação em outros festivais. Pela primeira vez estamos concorrendo em um festival fora do Rio de Janeiro, com amigos dividindo a categoria. Além disso, é a primeira vez que estamos concorrendo em um festival com um contexto diferente, onde as webséries são só uma categoria e serão avaliadas ainda mais a fundo”, conta Priscilla Pugliese.

Entre os oito concorrentes de “The Stripper” no Fest Cine Pedra Azul, está a segunda temporada da websérie “Magenta”, na qual Priscilla também atuou. “Além de estar em duas webséries concorrentes, uma sendo um projeto da minha produtora e outra onde participei apenas como atriz, há também mais pessoas que eu conheço e admiro na categoria. O coração fica ainda mais apertado e se eu pudesse dividir esse prêmio entre todos nós, eu dividiria”, afirma a atriz.

“The Stripper” foi aguardada durante muito tempo pelo público. A websérie que foi lançada em duas etapas, uma em 2019 e outra já em 2020, levou os fãs à loucura para o ver desenrolar da trama. O sucesso da primeira temporada é resultado dessa ansiedade e de como a websérie caiu no gosto de quem acompanhou. Agora que já chegou ao fim, a indicação no Fest Cine Pedra Azul, torna-se o novo motivo para os fãs e a própria produtora sentirem o frio na barriga de ansiedade e torcerem muito.

O festival tem datas previstas para os dias 04, 05, 06, 07 e 08 de Agosto. A programação conta com a cerimônia de abertura, coletivas de imprensa, exibições, palestras, debates e, no último dia, a tão aguardada entrega dos prêmios e troféus aos vencedores.

Anúncios
Anúncios

POP Mais no Twitter